fbpx

Vai amamentar pela primeira vez? Calma, vamos te ajudar neste momento tão especial:

4 minutos para ler

Você esperou nove meses e finalmente o bebê está em seus braços. E agora? Como vai ser? De quanto em quando tempo deve amamentá-lo? Qual a melhor maneira de fazer isso? Confira nossas dicas e torne-se uma especialista no assunto.

As principais perguntas que as mamães fazem são:

  • Qual deve ser minha alimentação agora?

A mesma dieta feita durante a gestação deve ser mantida na amamentação. Ela deve ser o mais saudável possível, sempre com a ingestão de muito líquido. É de extrema importância manter o organismo equilibrado, com o consumo de frutas e fibras, pois o bebê rouba os nutrientes da mãe.

  • Quais são as restrições alimentares?

A principal restrição é quanto ao álcool, que deve ser totalmente banido. Fora isso, não existe uma lista de alimentos “proibidos”, mas pode ser que seu bebê rejeite alguns tipos de alimento, geralmente leite de vaca, castanhas (como o amendoim), frutos do mar e carne de porco, ou tenha reações como cólicas e até alergias. Caso isso aconteça, consulte seu médico para que ele a oriente e faça um cardápio especial.

  • Posso fazer regime durante a amamentação?

Isso pode ser perigoso se não tiver um acompanhamento médico e nutricional, tanto para você quanto para o bebê. Seu organismo precisa de energia para produzir o leite, e as calorias são extremamente importantes para isso. Então, não se preocupe, a própria amamentação fará com que você volte ao seu peso normal.

  • Meu peso normal não voltou. Como emagrecer?

Basta manter uma dieta saudável e aliá-la a atividades físicas, sempre com acompanhamento médico.

  • Posso continuar a ingerir os remédios que costumo tomar?

Durante a amamentação, vários medicamentos estão liberados, mas, para ter certeza do que você pode ou não tomar, é essencial consultar seu médico. No pós-parto, assim como em qualquer fase de vida, a automedicação pode ser perigosa.

  • Posso tomar pílula anticoncepcional?

Os médicos recomendam pílulas de progesterona, anticoncepcionais injetáveis, subcutâneos ou DIU, que só pode ser colocado 60 dias após o parto, ou apenas pílulas que não contenham estrógeno em sua composição. Para sua segurança, pergunte ao seu médico sobre o seu caso e siga as orientações dele.

  • É possível engravidar durante a fase de amamentação?

Sim. Por isso é importante utilizar algum método anticoncepcional cerca de 30 ou 40 dias após o nascimento do bebê, caso outra gravidez em curto prazo não esteja em seus planos.

  • Até qual idade devo amamentar a criança?

O recomendado é que você amamente seu bebê somente no peito até os seis meses. Após esse período, caso queira, você pode continuar a amamentação com leite materno através da mamadeira, porém, com alimentação complementar.

  • Prótese de silicone atrapalha o aleitamento?

Não. As próteses não interferem nesse processo porque são colocadas abaixo da glândula mamária ou atrás do músculo peitoral. Mas, atenção, caso a quantidade de silicone seja muito grande e desproporcional ao peito é possível, sim, haver problemas. Consulte seu médico.

  • Como fazer o bebê arrotar?

O arroto é provocado pela ingestão de ar durante a sucção feita pelo bebê. Se ele pegar o peito corretamente e mamar bem, é possível que não arrote. O ideal é sempre segurar a criança no colo após a mamada e deixar o corpo dela o mais em pé possível, com a cabecinha apoiada no ombro, por cerca de 10 minutos.

  • Quanto tempo deve durar cada mamada e qual o intervalo ideal entre elas?

Isso varia muito de criança para criança, mas o estimado é que cerca de 10 minutos em cada seio seja o suficiente para saciar o bebê. O tempo recomendado para o intervalo entre cada mamada é de duas a quatro horas. Caso o bebê esteja dormindo, e não acorde para mamar, não é necessário acordá-lo, pois se ele estiver se alimentando bem e ganhando peso corretamente, irá acordar sozinho quando precisar mamar novamente.

  • Posso dar água ao bebê que está no aleitamento materno exclusivo?

Não. O leite materno já contém a água e todos os nutrientes necessários para alimentá-lo perfeitamente durante seus primeiros 6 meses de vida.

Posts relacionados

Deixe um comentário