fbpx

Eletrocardiograma: saiba mais sobre o exame que detecta arritmias cardíacas

O eletrocardiograma, ou ECG, é um exame especial para avaliar o ritmo dos batimentos cardíacos do paciente. Por ser bem simples, é rotineiramente utilizado em triagens dos prontos-socorros, em check-ups preventivos que são solicitados pelo cardiologista.

O procedimento do exame é bem rápido e indolor. Através do aparelho ligado a eletrodos no corpo do paciente, os impulsos elétricos do coração são amplificados e registrados em um pedaço de papel.

Funciona assim: cada batida do coração de um ser humano ocorre graças a um impulso elétrico, gerado pelas células especiais do órgão. A partir disso, as células musculares são estimuladas a contrair e esse processo gera um novo impulso. Certo, mas o que o eletrocardiograma tem a ver com isso? O exame registra todo esse processo para avaliar se o ritmo e intensidade dos impulsos elétricos estão dentro do normal.

A partir do ECG pode ser observado o aumento ou a diminuição dos músculos, bem como os problemas que isolam a parte elétrica do coração. Em geral, o exame é solicitado se houver no paciente alguns riscos de doenças cardíacas, ou apenas como parte de um exame físico de rotina, para a maioria das pessoas de meia-idade e as mais velhas.

Saiba quais são as indicações do exame

O eletrocardiograma pode ser solicitado para realizar o acompanhamento ou detecção de:

  • Defeitos cardíacos;
  • Problemas com as válvulas do coração;
  • Irregularidades no ritmo cardíaco (arritmia), seja por um coração acelerado (taquicardia), devagar (bradicardia) ou fora do ritmo;
  • Infarto em situações emergentes;
  • Infarto anterior;
  • Artérias bloqueadas ou estritas no coração (doença arterial coronariana);
  • Inflamação da membrana que envolve o coração;
  • Hipertrofia das câmeras cardíacas;
  • Doenças que isolam o coração, como o derrame pericárdico ou pneumotórax;
  • Doenças transmissíveis;
  • Doenças genéticas.

O médico pode solicitar o exame caso o paciente apresente os sintomas abaixo:

  • Falta de ar;
  • Tontura;
  • Desmaio;
  • Batimentos cardíacos irregulares.

É, também, extremamente indicado para aqueles pacientes que possuem outras doenças ou condições especiais, então o eletrocardiograma é essencial para verificar a saúde do coração do indivíduo. Veja abaixo alguns desses quadros:

  • Pressão alta ou hipertensão;
  • Colesterol alto;
  • Tabagismo;
  • Diabetes;
  • Histórico familiar de doença cardíaca precoce.

Existem contraindicações do eletrocardiograma?

É muito raro os casos de contraindicações para um ECG. Em geral, qualquer pessoa, em qualquer situação pode realizar o exame sem problema nenhum. O único cenário no qual o exame não seria indicado é se houver algum tipo de incapacidade de colocar os eletrodos na pessoa ou se ela não for capaz de permanecer em repouso.

Se você ainda tem dúvidas a respeito do eletrocardiograma, basta entrar em contato com a gente. Auxiliaremos e responderemos todos os seus questionamentos. Aproveitamos a oportunidade para deixar mais um conteúdo para você ler, sobre o holter 24 horas, basta clicar aqui.