fbpx

Hepatite causa inflamação no fígado

2 minutos para ler

A doença pode ter várias causas, desde micro-organismos, como os vírus, até o consumo excessivo de bebida alcoólica ou o uso de diversos medicamentos como, paracetamol, roacutan, fenitoína, nimesulida, entre outros que causam a chamada hepatite medicamentosa.

Existem cinco tipos de hepatite, além da medicamentosa — A, B, C, D e E. Os tipos B e C são uma preocupação significativa, já que muita gente infectada com esses vírus pode não apresentar sintomas na fase inicial da doença. Infelizmente, as pessoas costumam só ter conhecimento de sua infecção quando a doença já passou para sua forma crônica. Além disso, esses dois vírus são a principal causa de cirrose hepática, correspondendo a cerca de 80% de todos os casos de câncer de fígado. Os sintomas da hepatite mais comuns são cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômito, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

Os tipos B, C e D são transmitidos por meio do sangue de uma pessoa infectada, por exemplo, através de injeções inseguras ou transfusões de sangue sem blindagem. E, no caso da hepatite B e C, também por meio do sexo desprotegido. O tipo D infecta apenas pessoas que já são portadoras do tipo B. Os tipos A e E são normalmente transmitidos através da água ou de alimentos contaminados e estão intimamente associados à falta de saneamento e higiene pessoal.

O diagnóstico tardio pode complicar o quadro do paciente e até resultar na necessidade de um transplante. Por isso é de extrema importância realizar o exame de sangue para diagnosticar e tratar a doença.

Posts relacionados

Deixe um comentário