fbpx

O teste deu positivo? Então está na hora de fazer o ultrassom

3 minutos para ler

O ultrassom será feito várias vezes durante a gravidez e é de extrema importância para uma gestação saudável. Com a ultrassonografia é possível saber o sexo do bebê, o peso, altura e ver todas as partes do corpo, para saber se estão se desenvolvendo bem, além disso, o ultrassom também reproduz a imagem do bebê, placenta, útero e outros órgãos.

Primeiro trimestre

É importante realizar o exame para verificar a idade gestacional. Assim, é possível checar se o crescimento do feto está adequado para sua fase. Além disso, são descobertas outras informações, por exemplo: se a gravidez é ectópica ou molar (quando o embrião se desenvolve fora do útero) e quantos bebês há na sua barriga.

Segundo trimestre

Entre a 20º e 24º semana, os ultrassons servem para avaliar o crescimento do bebê, a placenta e o líquido amniótico.

Terceiro trimestre

Serve para acompanhar a posição do bebê e da placenta.

Quatro ultrassonografias são suficientes para um acompanhamento de gravidez saudável. Já em casos de gravidez de risco, o médico pode pedir que o exame seja feito com mais frequência. Além disso, é preciso fazer visitas regulares ao médico, pois outros exames devem ser realizados. A princípio, são feitas consultas mensais e no final da gravidez, quinzenais ou semanais.

Tipos de ultrassom

Ultrassonografia transvaginal

Nesse tipo de ultrassom, uma sonda é introduzida na vagina para obter imagens mais nítidas do útero e do meio intrauterino.

  • Verifica a idade gestacional, o crescimento fetal e se o embrião está alojado no útero.
  • Indicado para o início da gravidez (até a 12º semana), é rápido e indolor.

Ultrassom Morfológico

O médico passa um gel na barriga da mamãe e em seguida realiza o exame com o aparelho.

  • É possível analisar a anatomia do bebê. Através dele, mais de 85% das más-formações do bebê podem ser detectadas.
  • Indicado entre a 20º e a 24º semana. Nessa fase, é possível saber o sexo do bebê, com cerca de 70% de acerto.

Translucência nucal

  • Pode ser feito com o aparelho na barriga ou na vagina.
  • Serve para medir o acúmulo de líquido na nuca do feto. O ideal é que ele esteja abaixo de 2,5 milímetros.
  • É possível analisar o risco de síndrome de Down e outras anomalias cromossômicas.
  • Indicada entre a 11º e 14º semana, pois depois desse período o volume do líquido se altera.

Dopplervelocimetria

Feito com o aparelho na barriga.

  • Permite a análise do fluxo de sangue pelas artérias e veias do bebê, além de analisar o peso e condições da placenta e do líquido amniótico.
  • Indicado para ser realizado em todos os exames de ultrassonografia.

Ultrassom 3D e 4D

Feito com o aparelho na barriga, esse exame é apenas um complemento aos outros ultrassons.

  • Pode detectar alguma má-formação no rosto, como por exemplo, a fenda labial.

Indicado após a 34ª semana.

Posts relacionados

Deixe um comentário