fbpx

Ultrassom com Doppler: veja como é feito e quando fazer

A ultrassonografia com doppler, também conhecido como ecografia com doppler, é um exame muito importante. Com ele é possível fazer a avaliação da circulação dos vasos sanguíneos. Extremamente indicado para avaliar condições específicas, como por exemplo, estreitamento, dilatação ou oclusão desses vasos.

Também é fundamental para avaliar fluxo de sangue em um órgão específico ou em alguma região do corpo. É frequentemente utilizado no período de gravidez, neste caso, conhecido como “Doppler Fetal”. Todo o processo do exame é completamente indolor.

As principais finalidades

Existem diversas situações nas quais o médico poderá solicitar o exame. Veja abaixo as principais ocasiões:

  • Avaliar tromboses (venosas ou arteriais);
  • Diagnosticar e avaliar as varizes;
  • Verificar o fluxo sanguíneo de artérias e veias;
  • Identificar os aneurismas ou dilatações dos vasos sanguíneos.

Cuidados necessários

Não é necessário estar em jejum, com exceção de indicação médica.

O Doppler na gravidez

Especificamente no caso de mulheres grávidas, é realizado para avaliar se há algum problema de circulação que pode afetar a vida não só da mãe, mas essencialmente do bebê. Caso o sangue não passe corretamente da gestante para o feto, podem ser geradas inúmeras complicações, que variam de problemas simples até muito graves.

É primordial para o acompanhamento no pré-natal das mulheres que tem problemas com hipertensão. Se não houver a circulação correta do sangue, é possível que isso comprometa o funcionamento de órgãos, células e tecidos.

Quando pode ser solicitado na gravidez?

A partir do primeiro trimestre de gestação, o exame já poderá ser realizado. Ele verificará se o cordão umbilical e a placenta estão fazendo o papel deles corretamente (passar os nutrientes para o feto). Também será repetido no final da gravidez, entre o sexto e o nono mês. É imprescindível que todas as gestantes façam a Ultrassonografia com Doppler, pelo menos, duas vezes durante a gestação.

Demais tipos do exame

  • Doppler nas pernas – É conhecido como “doppler dos membros inferiores”. Avalia a circulação sanguínea na região. Também verifica sintomas de insuficiência venosa ou arterial;
  • Doppler da Tireoide – Indicado pelo endocrinologista para verificar as características dos vasos sanguíneos da tireoide;
  • Doppler de carótidas – Esse tipo de ultrassonografia é indicado pelo médico para verificar se há riscos de AVC (Acidente Vascular Cerebral). Caso o paciente já tenha sofrido com esse mal, o médico também poderá solicitar o exame para identificar a causa do problema;
  • Doppler de artérias renais – Indicado para fazer o estudo das artérias dos rins do paciente e identificar as causas de hipertensão de difícil controle. Também pode buscar causas de alterações do órgão (como diminuição do tamanho, por exemplo);
  • Doppler da aorta – essencial para identificar as dilatações ou um aneurisma na aorta (maior e mais importante artéria do sistema circulatório do corpo humano).

Independentemente da causa que for solicitado pelo médico, o Ultrassom com Doppler é extremamente importante e pode salvar vidas, pois pode identificar problemas graves antes que eles afetem o paciente. Caso ainda tenha dúvidas a respeito desse exame, entre em contato com a gente.