fbpx

Vacinação hexavalente: veja contra quais doenças a vacina previne e muito mais

7 minutos para ler
Quando uma criança nasce, é necessário que ela seja imunizada contra diversas doenças. E praticamente todos os meses do primeiro ano de vida é necessário levá-las para tomar vacinas. A frequência de vacinação só diminui após os 15 meses. E, para que a criança não precise levar ainda mais picadinhas, a vacina hexavalente é extremamente útil. Afinal, ela é uma das imunizações mais completas. Isso ocorre porque, em apenas uma dose, ela é capaz de proteger contra seis tipos de doenças muito perigosas. Confira abaixo todas elas:

  • Difteria;
  • Tétano;
  • Coqueluche;
  • Haemophilus tipo B (bactéria causadora de meningite e outras infecções graves como, pneumonia, artrite séptica e epiglotite);
  • Hepatite B;
  • Poliomielite.

Essa é uma vacinação que está presente em diversos países e, no Brasil, é indicado que a criança seja vacinada aos 2, 4, 6 e 15 meses de vida. É completamente segura, por ser constituída com proteínas dos agentes causadores das doenças, e não com as células inteiras. Justamente por esse fator, é denominada Hexavalente Acelular.

Essa vacina está disponível apenas na rede privada e contém somente aquilo que é necessário para proteger o indivíduo.

Justamente por esse fator as chances de a criança sofrer com eventos adversos da vacinação é menos frequente. Na rede pública essa vacina é aplicada em duas injeções com microrganismos atenuados: vacina pentavalente + vacina da poliomielite – maior quantidade de picadas e maior quantidade de reações adversas.

A indicação da vacina

 

A vacina Hexavalente é muito recomendada logo nos primeiros meses de vida. A partir dos 2 meses a criança já pode ser imunizada. As doses podem ser aplicadas até os 7 anos sempre que cada uma das vacinas incluídas nas combinações forem indicadas.

As contraindicações da vacina

  • A vacina é contraindicada para crianças com idade superior a 7 anos;
  • Crianças que apresentaram encefalopatia nos sete dias seguintes da aplicação anterior da vacina contendo componente pertussis;
  • Caso o indivíduo tenha anafilaxia (reação alérgica grave) a qualquer um dos componentes da vacina.

Cuidados para a vacinação:

  • Antes da vacinação, não é necessário nenhum cuidado especial;
  • Caso a criança tenha alguma doença aguda com febre alta, a vacinação deve ser adiada até que o paciente melhore;
  • Se o paciente possuir doenças que possa aumentar o risco de sangramento, pode ser que seja substituída a aplicação intramuscular pela subcutânea;
  • Realizar compressas frias podem aliviar as reações no local da aplicação da vacina. Em casos mais intensos, sob prescrição médica, também podem ser usadas medicações para dor;
  • Se o paciente tiver algum sintoma grave ou inesperado após a vacinação, é primordial que notifique ao local onde foi realizada a vacinação;
  • Caso ocorram sintomas adversos persistentes que permaneçam por mais de 72 horas (dependendo do sintoma), é necessário que sejam feitas investigações para a verificação de possíveis outras causas.

Esquema de doses da vacinação

Para a vacina hexavalente é recomendável que seja aplicada na criança aos dois, quatro e seis meses de idade, com reforço aos 15 meses com a vacina pentavalente.

Os possíveis efeitos adversos da vacinação

Ao vacinar-se há casos nos quais as crianças apresentam algumas reações no local onde a vacina foi aplicada como vermelhidão, dor e inchaço. Segundo dados publicados pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), até 22% dos pacientes podem ter febre maior que 38ºC e 1,9% apenas pode ter febre a partir de 40ºC.

Outro dado publicado pela SBIm, 1% pode apresentar falta de apetite, vômito, irritabilidade, choro persistente e sonolência. Entre 0,01% a 1% dos pacientes vacinados, apresentam convulsão febril e episódio hipotônico-hiporresponsivo (EHH). Menos de 0,01% podem apresentar problemas neurológicos, inchaço transitório nas pernas com roxidão ou pequenos sangramentos transitórios, e anafilaxia. Bom, caso você queira ter acesso a todo o calendário de vacinação e saber mais sobre as vacinas, preparamos um material bem completo para você, é só clicar aqui E esperamos que suas dúvidas a respeito da vacina Hexavalente tenham sido solucionadas. Até a próxima!

Posts relacionados

Deixe um comentário