fbpx

Febre tifoide: saiba mais sobre a vacinação

6 minutos para ler

Diretamente relacionada a baixos níveis socioeconômicos, a febre tifoide é caracterizada como uma doença bacteriana aguda. Atinge a população, especialmente, em locais nos quais há problemas evidentes de saneamento básico, higiene pessoal e ambiental. É uma enfermidade que, se não for tratada corretamente, pode até matar. Justamente por possuir esses fatores determinantes de condições sociais, a doença está praticamente eliminada em países que possuem boas condições de saneamento básico. Ela só aparece, no Brasil, de forma endêmica em regiões mais isoladas, ou seja, isso significa que ela atinge um grupo de pessoas específicas. Só encontramos epidemias da febre tifoide, em locais nos quais as circunstâncias de vida são mais precárias, em especial, nas condições vividas por populações das regiões norte e nordeste do país. Preparamos uma condição especial para você.

Deixe seus dados abaixo e receba, no seu e-mail,
um voucher com condições especiais para vacinar-se no Pasteur =)

JTNDZGl2JTIwcm9sZSUzRCUyMm1haW4lMjIlMjBpZCUzRCUyMnZvdWNoZXItZDVmZDBjNjRhZTM4NTc4ZjU0NDYlMjIlM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlMjBzcmMlM0QlMjJodHRwcyUzQSUyRiUyRmQzMzVsdXVwdWdzeTIuY2xvdWRmcm9udC5uZXQlMkZqcyUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3JtcyUyRnN0YWJsZSUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3Jtcy5taW4uanMlMjIlM0UlM0MlMkZzY3JpcHQlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlM0UlMEElMjAlMjBuZXclMjBSRFN0YXRpb25Gb3JtcyUyOCUyN3ZvdWNoZXItZDVmZDBjNjRhZTM4NTc4ZjU0NDYtaHRtbCUyNyUyQyUyMCUyN1VBLTQxMjcwMjkwLTIlMjclMjkuY3JlYXRlRm9ybSUyOCUyOSUzQiUwQSUzQyUyRnNjcmlwdCUzRQ==Os sintomas da doença são:

  • Febre alta;
  • Dores de cabeça;
  • Mal-estar geral;
  • Falta de apetite;
  • Retardamento do ritmo cardíaco;
  • Aumento do volume do baço;
  • Manchas rosadas no tronco;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Tosse seca.

Quais são as possíveis complicações da febre tifoide? A principal complicação gerada para a pessoa que possui a febre tifoide é a hemorragia intestinal e pode levar à perfuração do órgão. A enfermidade pode infectar outros órgãos da pessoa. Outras complicações menores são:

  • Retenção urinária;
  • Pneumonia;
  • Colecistite.

A doença costuma ser menos grave em crianças e, além disso, é acompanhada por diarreias. Apesar de ser aguda, a febre tifoide evolui gradativamente. Por conta disso, em muitos casos, a pessoa infectada é medicada com antimicrobianos, por apresentar uma febre de etiologia não conhecida. Dessa maneira, o quadro clínico do paciente acaba sendo mascarado e a doença não é diagnosticada precocemente. A vacina contra a febre tifoide A vacina tem a finalidade de proporcionar proteção contra a doença causada pela bactéria Salmonella entérica sorotipo Typhi. Em países com boas condições de saneamento básico, a enfermidade está praticamente extinta, portanto, a vacinação é recomendada apenas para pessoas que viajarão para regiões nas quais há epidemia da doença. Variações da vacina Atualmente utilizam-se dois tipos de vacina contra febre tifoide: a vacina parental e a vacina oral de bactérias vivas atenuadas. Indicações da vacina A vacina contra a febre tifoide é indicada para aqueles indivíduos que estão sujeitos a exposição a áreas endêmicas da doença, seja por ocupação dele próprio ou por viajantes (Ásia, África, Caribe, América Central, América do Sul). Também é indicada para viajantes brasileiros com destino a países que sofrem com alta endemicidade, estadia prolongada (mais de um mês), e com maior risco de contaminação: profissionais de saúde, educadores, missionários, militares. Contraindicações da vacina Crianças com menos de dois anos de idade não devem tomar a vacina. Pode ser que elas respondam mal aos anticorpos produzidos. É necessário que a vacinação seja adiada em casos de o paciente possuir quadros de febre e doença aguda.

Posts relacionados

Deixe um comentário