fbpx

Você já ouviu falar em tuberculose latente?

2 minutos para ler

Tuberculose latente é quando o paciente tem a tuberculose, porém não apresenta os sintomas da tuberculose e não transmite a doença. Uma em cada três pessoas no mundo possui esta patologia. Entre os sintomas apresentados estão: tosse persistente por, pelo menos, três semanas; febre noturna, perda de peso e pode acontecer de haver sangue na tosse. A tuberculose latente tem cura e seu tratamento, que dura entre seis e nove meses, é gratuito pelo SUS.

O Pasteur realiza o exame de tuberculose latente – uma novidade na região – por meio da mesma tecnologia utilizada em todo o mundo. Ele é feito através da coleta de sangue e seu resultado é qualitativo, ou seja, positivo ou negativo. Existem casos em que o exame de tuberculose latente se faz necessário, ou até mesmo obrigatório, como:

– Pacientes de reumatologia, antes do início do tratamento de artrite reumatoide, caso contrário, ao tomarem o medicamento, podem ir a óbito;
– Na área da nefrologia, pacientes que fazem hemodiálise têm três vezes mais chances de contrair a doença por estarem com o sistema imunológico debilitado;
– Pacientes com Doença de Crom (inflamação no intestino);
– Na dermatologia clínica, pacientes que tratam de psoríase;
– Pacientes das especialidades infectologia e pneumologia;
– Gestantes, para poderem realizar o tratamento durante o período de gestação.

Confira abaixo a tabela comparativa do teste de tuberculose latente com o antigo PDD:

tabela-tuberculose

Posts relacionados

Deixe um comentário