fbpx

No frio, é comum acontecer o choque térmico

1 minuto para ler

O nosso corpo trabalha muito para manter a temperatura interna de 36 graus. A maioria das pessoas não terá problemas com choque térmico, porque o corpo é eficiente o suficiente para regular a temperatura e pressão arterial. Por outro lado, não dá para saber quem vai ter o problema. Em geral, é preciso ter cuidado maior com crianças e idosos. Quanto maior a diferença entre a temperatura corporal e a água ou ambiente externo, maior a chance de ocorrer o choque.
O choque térmico pode produzir a descarga ou síncope vasovagal, quando o coração bate mais devagar e falta sangue no cérebro. Fora da água a pessoa pode desmaiar, mas logo recobra a consciência e sobrevive. Embaixo da água, se ela fica tonta e desmaia, se afoga em decorrência disso e pode morrer se ninguém salvá-la a tempo, e mesmo que seja salva, pode ter graves lesões cerebrais.
Para evitar o choque térmico, agasalhe-se ao sair do mar ou piscinas, evite mudanças bruscas de temperatura, principalmente após o banho.

Posts relacionados

Deixe um comentário