fbpx

Medos comuns dos pais de primeira viagem

2 minutos para ler

A chegada de um bebê é um momento de grande alegria, porém, também é acompanhada de receio e insegurança, mesmo que os pais sejam mais do que esclarecidos. Confira alguns dos medos mais frequentes entre pais de primeira viagem:

Capacidade de criar e educar um bebê: apenas desenvolvendo seus novos papéis é que os pais vão aprender a educar seu filho. Ninguém é perfeito e os pais terão suas falhas, mas poderão aprender a partir delas.

Medo de a criança não estar bem alimentada: a indicação mais comum é que o bebê visite o pediatra regulamente pelo menos nos primeiros seis meses e essas consultas servirão para medir o crescimento do bebê e também para orientar os pais quanto à melhor maneira de alimentar a criança e verificar a rotina das mamadas para ver se estão satisfatórias.

Medo do parto: é necessário que a mulher se prepare para o parto buscando informações e cursos para gestantes, psicoterapia ou ainda um pré-natal psicológico. Com conhecimento tudo fica mais fácil e a mulher saberá lidar melhor com o medo, caso ainda tenha.

Medo de não conseguir amamentar: este medo também pode ser trabalhado com a busca de informações, cursos e grupos de gestantes. A amamentação vai exigir paciência, persistência, dedicação e tempo, por isso a mãe deve estar disposta.

Medo de o bebê passar mal e os pais não estarem presente: a melhor maneira de se tranquilizar quanto a isso é conversar com o pediatra e tirar todas as dúvidas. Apesar de não se saber exatamente as causas, alguns cuidados têm diminuído radicalmente o número de mortes súbitas, como colocar o bebê para dormir de barriga para cima, evitar fumaça ou cobertores que possam causar perigo de sufocamento.

Posts relacionados

Deixe um comentário